top of page
  • Foto do escritorDNP Ótica

Controle da miopia na infância


A miopia é um problema de visão que afeta milhões de pessoas e tem aumentado entre as crianças. Um estudo da Associação Médica Americana, conduzido por cientistas de Hong Kong e China, quantificou o estrago ocular desencadeado pela pandemia.


Em 2020, o crescimento do diagnóstico de miopia entre crianças de 6 anos foi de 28,8% e, em 2021, de 36,2%.


A principal causa da miopia infantil é genética, mas fatores ambientais - como exposição prolongada às telas de dispositivos eletrônicos - também podem exercer grande influência no risco de miopia em crianças.


Existem algumas técnicas para controlar a progressão da miopia em crianças, como o uso de colírio de atropina, lentes de contato de ortoqueratologia e lentes de controle de miopia.


O colírio de atropina é um medicamento que produz dilatação da pupila e paralisação da acomodação visual e é usado em exames de fundo de olho e refração. O uso diário de colírio de atropina, mediante prescrição médica, é um tratamento considerado efetivo contra o aumento da miopia.


Segundo a OMS, existe um estudo que indica que uma dose de 0,01% tem poucos efeitos colaterais e pode reduzir a progressão da miopia em crianças de 6 a 9 anos em 50%.


As lentes de contato de ortoqueratologia são lentes rígidas gás permeáveis projetadas para serem usadas durante a noite para remodelar gradativamente a córnea e, com isso, reduzir a miopia.


Já as lentes de controle de miopia têm diferentes zonas focais que ajudam a reduzir o esforço visual, ajudando a desacelerar a progressão da miopia em crianças e adolescentes. Esta tecnologia é baseada na ideia de que diferentes zonas focais direcionam a luz para diferentes partes da retina.


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page